Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Caravela

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Havia qualquer coisa de estranho,

No seu correr, no seu tamanho.

Qualquer coisa de especial,

No seu olhar cordial,

no abanar de rabo,

no pescoço sem trela...

Não era um cão,

mas uma Caravela!

 


publicado por o homem das pipocas às 12:17
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25

27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O lado obscuro

. O cansaço de Ana

. Exuberância do egoismo

. A mentira reina sobre o m...

. ...

. ...

. Janela do amor

. Marselha-Olhão: Import/Ex...

. Chocos com tinta

. Os Zés da Ilha

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Setembro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds